Multimercado que aposta em ‘erros’ rende 100%

Fundo ganha dinheiro entrando em discussões com diretoria e/ou conselho sobre distorções
que possam destravar valor para a companhia ou para uma das ações
Por Naiara Bertão – De São Paulo 15/10/2021

 

Um retorno de 100% para um fundo de investimento multimercado em apenas nove meses
pode fazer brilhar os olhos do investidor. Mas fica menos atrativo quando se explica que, para
chegar a esse resultado, a oscilação da rentabilidade beirou 66% no período. E se
acrescentarmos o fato de que o fundo busca ganhar dinheiro com injustiças ou erros de
governança de empresas que podem destravar valor ou valorizar a participação dos
minoritários, em eventos que podem levar anos para serem provados e até chegar aos
tribunais?

É isso que faz o ESH Theta FIM, o fundo multimercado com melhor desempenho neste ano.
Fundada em 2015, a gestora Esh Capital conseguiu a proeza de ter o melhor fundo entre os
multimercados em um ano em que o CDI aparece com rentabilidade nominal de 2,52% até
setembro; o índice IRF-M, calculado pela Anbima e que reflete o desempenho de uma carteira
teórica de títulos públicos prefixados, recuou 2,95%; o dólar avançou 4,98%; e o Ibovespa,
principal índice de ações, perdeu 6,75%. O desempenho do produto diverge até mesmo do
retorno médio dos outros nove fundos multimercados mais rentáveis de 2021 até setembro, de
18,22%.

O gestor e sócio-fundador da Esh, Vladimir Timerman, diz que o fundo tem ao menos 60% de
seu patrimônio reservado para investir em “special situations”. Um exemplo dessas “situações
especiais” e o modo como o fundo atua foi seu envolvimento na proposta de incorporação da
empresa de fidelidade Smiles pela companhia aérea Gol. Timerman e sua equipe participaram
ativamente das discussões sobre o preço de conversão das ações para os acionistas
minoritários.

O restante do patrimônio é dividido entre uma carteira de ações negociadas na bolsa com foco
em longo prazo (replicando a carteira de outro fundo da casa, o Esh Prospera FIA), de 10%,
enquanto os outros 20% a 30% são aplicados em portfólio de arbitragem, que busca ganhar dinheiro com pequenas distorções de preços do mercado. “Se precisar de limite de risco para a
carteira de ‘special situations’ eu pego dos outros books”, diz Timerman.

ANBIMA - Gestao de Recursos Permanente
A ESH Capital não comercializa nem distribui cotas de fundos de investimentos ou qualquer outro ativo financeiro. As informações divulgadas neste relatório têm caráter meramente informativo. A ESG Capital não se responsabiliza por erros ou omissões no conteúdo das informações divulgadas. Leia atentamente o prospecto e o regulamento antes de efetuar qualquer decisão de investimento. Visando o atendimento ao exigido pela Lei no 9.613/98, quando do ingresso no fundo, cada cotista deverá nos fornecer cópias de seus documentos de identificação entre outros documentos cadastrais. Este fundo utiliza estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias, da forma como são adotadas, podem resultar em significativas perdas patrimoniais para seus cotistas. Os investimentos em fundos não são garantidos pelo administrador do fundo, gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro o u, ainda, pelo Fundo Garantidor de Crédito – FGC. A rentabilidade obtida no passado não é garantia de rentabilidade futura. Não há garantia de que este fundo terá o tratamento tributário para fundos de longo prazo.
Close Bitnami banner
Bitnami